fbpx
Notícias

Como preparar seu filé de peixe

Como preparar seu filé de peixe

Olá, pessoal! Chef Guile Kaesemodel aqui para falar sobre um assunto que rolou nas redes sociais nas últimas semanas…

Conheço muita gente (incluindo chefs de cozinha) que tem preconceito em servir peixes com a própria pele. Mas, entendam uma coisa, quando eu digo com a pele, É SEM AS ESCAMAS, PESSOAL!

Se qualquer lugar te servir um peixe com a pele e tiver escamas, é porque o peixe não foi devidamente limpo. Pode mandar de volta para a cozinha e pedir o dinheiro de volta.

Mas a pele é uma coisa a parte.

É claro que quando falamos de um peixe cozido, um peixe feito em uma caldeirada, uma moqueca, uma paella, não vamos querer ver a pele. Quando a pele entra em contato com água, líquido ou vapor, ela tende a ficar mole, borrachuda e vai parecer chicletes em nossos dentes e isso é tudo o que nós não queremos. Portanto, se o prato for um cozido: nada de pele.

Mas vamos lá! Hora de tirar as nossas vendas de preconceito e tentar me ouvir um pouco.

Digamos que o prato é um peixe grelhado em uma frigideira bem quente que será servido por cima de um purê ou de uma salada super crocante e refrescante, e que parte dele não vai tocar em nenhum líquido. Podemos ter sim uma pele dourada, crocante, salgada. Lembra de longe um sabor de bacon, por que não?

Você vai colocar o lado da pele por primeiro na panela e segurar o peixe com seus dedos até que sinta que a pele ficou ao seu agrado. Então, vire o peixe para terminar o cozimento. Vai por mim, eu te garanto que se você experimentar, não volta atras.

Para dar um empurrãozinho, desenvolvi duas receitas exclusivas aqui para o blog!

Uma de um peixe cozido, sem a pele. Outra, de um peixe super fresco com uma salada e a pele mega crocante. Confira!

Robalo Ao Molho de Pimenta de Cheiro, Batata e Ervilha Torta

Ingredientes:

– 2 postas de robalo sem a pele
– 1 cebola roxa
– 2 dentes de alho
– 2 tomates
– 2 talos de salsão
– 1 alho poró
– 4 pimentas de cheiro
– 10 pimentas biquinho
– 1/2 maço de salsinha
– 1/2 maço de coentro
– 10ml vinagre de vinho tinto
– 50 ml de vinho branco
– 3 colheres de sopa de azeite
– 1/2 garrafa pequena de leite de coco
– 1/2 limão
– 5 ervilhas tortas
– 3 batatas
– 1 colher de sopa de manteiga
– Sal
– Pimenta

Modo de preparo:

– Em uma panela quente com o azeite de oliva, leve a cebola e o alho até dourarem.
– Acrescente o restante dos vegetais mais as ervas menos a ervilha torta e as batatas. Deixe que os vegetais fritem até que murchem e percam metade do tamanho.
– Acrescente o vinagre de vinho tinto e o vinho branco. Deixe que o álcool evapore.
– Tempere com 1/2 limão, sal e pimenta do reino.
– Acrescente o leite de coco e deixe reduzir até a metade.
– Bata tudo no liquidificador e coe em uma peneira grossa para obter um caldo grosso e consistente.
– Ajuste o sal e a pimenta.
– Volte para a panela e leve o peixe já cortado em posta para cozinhar no próprio molho.
– Enquanto isso, cozinhe as batatas em água com sal e salteie as ervilhas em uma frigideira com um pouco de azeite e manteiga. Tempere.
– Sirva as postas do peixe junto com o próprio molho, pedaços de batata e as ervilhas.
– Decore com brotos.

Sardinha ao Molho de Camarões com Iogurte e Erva Doce Grelhada

Ingredientes:

– 2 filés de sardinha com a pele
– 10 camarões médios temperados com sal, pimenta e limão
– 1/2 pote de iogurte natural
– Salsinha
– Ciboulette
– 1 bulbo pequeno de erva doce
– 1 limão
– Azeite
– Sal e Pimenta

Modo de preparo:

– Em uma frigideira quente com azeite de oliva, frite os camarões até dourarem. Quando estiverem quase prontos, acrescente o suco da marinada.
-Tire a frigideira do fogo e leve o iogurte, as ervas e acerte o tempero com o sal e a pimenta.
– Corte o bulbo pequeno de erva doce no meio e doure em uma frigideira bem quente com azeite de oliva. Finalize no forno quente a 150 graus por mais uns 20 minutos para que continue al dente.
– Em outra frigideira bem quente e com azeite, leve os filés de sardinha com a pele para baixo primeiro. Segure o file com a ponta dos dedos ou com uma espátula para que o filé não enrole para cima.
– Assim que a pele estiver crocante e dourada, vire o filé e doure o outro lado.

Categorias

Compartilhar & Impressão

2 Comentários

Deixe uma resposta