fbpx
Blog

VAI TER CALDO!

VAI TER CALDO!

Vamos falar sobre caldos!

Quem me conhece ou me acompanha pelas redes sociais sabe o quanto eu sou chato e vivo insistindo na questão do uso de caldos caseiros em toda e qualquer receita.

Sou totalmente contra o uso de caldos industrializados para qualquer tipo de receita. E os motivos são vários:

Estes caldos são carregados de químicos e de sódio, o que faz um mal danado a saúde de quem consome.

O gosto dos caldos industrializados é bem característico e os aromas não chegam nem perto do natural.

E por último, é muito fácil fazer e armazenar caldos caseiros. 

Pode parecer insistência de quem está todo dia na cozinha, mas juro! É super fácil preparar seu próprio caldo caseiro, E hoje eu vou mostrar o passo a passo para você descobrir todo sabor natural dos legumes e vegetais aromáticos!

Vamos falar sobre a base!

A base de qualquer caldo são os vegetais: cebola, cenoura, salsão, alho e alho poró!

Corte os vegetais em pedaços grandes e disponha em uma panela com azeite de oliva já quente. Aguarde eles dourarem e murcharem.

Acrescente vinho branco e em seguida água. Deixe ferver até reduzir e você já tem um caldo básico de vegetais!

Simples, não? Agora você já pode usar como base de uma sopa, de um risoto, de um molho!

Agora, vamos ser mais ousados?

Usando a mesma base, podemos ir para o mundo dos caldos de frango, frutos do mar ou de carne.

Basta você colocar junto aos vegetais, a proteína que você quer fazer no caldo.

Por exemplo:

Quer fazer um caldo de frango? Coloque uma bandeja de asinhas, doure bem na panela com azeite de oliva já quente, acrescente os vegetais, o vinho branco e a água e aguarde ferver.

Pronto! Uma deliciosa base de frango para um risoto Milanese ou para uma canja em dias mais frios! 

Agora, o que fazer com tanto caldo?

Basta armazenar em um tupperware e tirar quando for usar novamente.

Uma dica bem legal é congelar o caldo em forminhas de gelo para usar em pequenas porções, perfeito né?

Eu gosto de ter sempre no meu freezer. Assim, quando da vontade de fazer uma receita, não preciso começar um caldo do zero.

Que tal? O que acha de tentar?

Me conta o que achou!

Categorias

Compartilhar & Impressão

Sem comentários

    Deixe uma resposta