fbpx
Notícias

PÁSCOA LOW CARB.

PÁSCOA LOW CARB.

Páscoa e consumo excessivo de açúcar 

Todo mundo concorda que a Páscoa é o feriado no qual mais consumimos doces. O consumo do açúcar foi associado, ao longo do tempo, ao sentimento de acolhimento que a Páscoa nos remete.

O chocolate é o preferido nessas ocasiões.

A indústria alimentícia já percebeu o crescente número de pessoas adeptas à alimentação saudável e está adaptáramos o produto para esse novo mercado.

Até pouco tempo atrás o consumo de chocolate com teor de cacau acima de 50% era muito limitado. Vale lembrar que quanto maior a porcentagem de cacau, menos doce é o sabor do chocolate. 

Cada marca tem sua própria receita e porcentagens de mistura entre: manteiga de cacau, açúcar, leite em pó e cacau.

O chocolate ao leite tem no máximo 35% de cacau e 60% de açúcar.

O chocolate meio amargo, por sua vez, apresenta no máximo 45% de cacau e até 50 % de açúcar. 

Esses dois são os tipos de chocolate mais comerciais e ganham a maior parte de atenção nas pretéritas dos supermercados.

Mas tem um outro produto fazendo a cabeça dos consumidores. O chocolate 70% ou acima disso apresenta composição de açúcar de até 30% (em média).

Esse chocolate tem a característica de ser menos macio, mais amargo e “claro” tem bem menos açúcar nos ingredientes.

Outra linha de produtos que anda encantando os consumidores, são os chocolates zero açúcar.

Essa categoria utiliza adoçantes naturais como Sérvia, Xilitol e Eritritol para compensar o sabor amargo do cacau.

E você?

Em qual desses grupos se encaixa?

Seja qual escolha você tomar, lembre-se: o consumo de açúcar deve ser feito com moderação. 

Tenham uma Feliz Páscoa!

Chef Juliano Marasca

Categorias

Compartilhar & Impressão

Sem comentários

Deixe uma resposta